23 maio 2006

Cumplicidade




Vou escrever sem acento
ate que chegue o momento
que o seu yahoo fique bem.

E se voce chegar cansada
com cara de quem nao quer nada
posso cantar nana nenem

Enquanto voce corre pra chegar
querendo um jeito de juntar
seus dois mundos.

Eu posso o alface temperar
enquanto no fogao faco o jantar
e a musica suave ao fundo.

O aviao vai te levar pra longe
eu posso me guardar igual a um monge
e so abrir as asas quando voce voltar

Pra te proteger, te acariciar, Pra te ver sorrir

E entao eu sei que voce vai dancar
como uma borboleta pelo ar
sem medo.
E faca mil bananas no tatame
e quando voce se cansar me chame

Vou escrever sem acento
ate que chegue o momento
que luz e sombra se encontrem
e tudo fique bem

Pra te ver brilhar, pra te ver.

Nenhum comentário:

Frequências

jornal web Farol Comunitário

Pode acreditar

Tudo vale a pena se a alma não é pequena - Fernando Pessoa