24 fevereiro 2008

A bola da vez

Não há como escapar, um dia, você será a Bola da Vez.






Em 1959 eu estava nascendo e era então o Bola da Vez, visto que naquele hospital (que não existe mais) ninguém nasceu naquele dia. Só dava eu.
Todos os dias em alguma circunstância Você será o Bola da Vez, inexoravelmente.
Portanto ligue suas antenas e prepare-se, de alguma forma, alguém ou alguma coisa vai colocar você em evidência.
Transformações profundas estão acontecendo no mundo de hoje, mas ainda não alcançaram o alvo da paz entre os homens e progresso sustentável. Essa primeira porta que se abre é um sinal poderoso de que haveremos todos muito em breve de sermos o Bola da Vez em tolerância, amor ao próximo, ética e honestidade acima de interesses pessoais.

Nenhum comentário:

Frequências

jornal web Farol Comunitário

Pode acreditar

Tudo vale a pena se a alma não é pequena - Fernando Pessoa