15 dezembro 2008

Soltem Muntazar al-Zaidi

Lembram daquele chinês que ficou na frente dos tanques na Praça da Paz Celestial?
Pois então, era sua única maneira de enfrentar o regime e ele o fez.
Não podemos avaliar o sentimento de um povo que está sob o jugo de uma nação gigante, que não respeita os valores locais, que impôs a um país inteiro uma dominação que já não tem nem motivo de acontecer, se é que teve um dia.
O próprio George W. Bush, reconheceu há poucos dias que errou com relação ao Iraque.
Não vou usar das mesmas armas para manifestar ingerência em assuntos de outro país, mas faço um pedido às autoridades no Iraque que soltem Muntazar al-Zaidi, porque ele não pode ser punido, por manifestar a indignação de ver seu país, sob o comando de uma nação estrangeira, imperialista e que cometeu um grave erro.
É certo que ele teve a oportunidade e manifestou o sentimento que vai no coração de muitos iraquianos.
Não se trata aqui de ser a favor do Iraque e contra os Estados Unidos, se trata apenas de remendar um erro histórico enquanto ele ainda está flamejante.
Peço Sr. George W. Bush, perdoe Muntazar al-Zaidi publicamente e peça sua libertação.
Ele tem seus motivos e a única coisa que ele tinha ao seu alcance era um par de sapatos.

Um comentário:

Felipe disse...

Perfeito o seu comentário! A manifestação da verdade muitas vezes acontece fora da via diplomática, principalmente quando estamos sobre as rédeas do desespero(desesperança).

Um homem com razão é imbatível!

Felipe Barreto paes Leme.

Frequências

jornal web Farol Comunitário

Pode acreditar

Tudo vale a pena se a alma não é pequena - Fernando Pessoa