03 maio 2009

Anacrônico

Está na Revista Época

A jornalista Helen Benedict descreve no livro The Lonely Soldier: The Private War of Women Serving in Iraq (algo como: Soldado Solitário - A Guerra Íntima das Mulheres Servindo no Iraque) a experiência das militares americanas que são violentadas pelos próprios companheiros no front. Cerca de 30% são estupradas durante o serviço militar.

Toda a violência, não importa de onde venha é condenável. Dentro de um contexto que entende a guerra como parte da Vida Humana, é natural que isso aconteça.


Ou a autora esqueceu é que há muitos homens "estuprados" nas Forças Armadas em qualquer lugar do mundo?

O ambiente de uma guerra em nada lembra um passeio no shopping. Está nessas mulheres também, a mesma crença de que se defende a liberdade com o uso da força. Estupro e outras violências, são consequência natural desse modo de pensar.

Anacronismos dos seres humanos. Partem da premissa da força bruta dos canhões para defender seus pontos de vista e depois se lamentam das dores pessoais sofridas no Meio onde esse espetáculo de estupidez acontece.

Diga-me com quem andas e eu te direi quem és.

Sensacionalismo barato em busca dos tais 15 minutos de fama. Façam então como muitas mulheres e homens, procurem uma profissão que lhes traga paz de espírito ao invés de se colocar a serviço de uma indústria de morte.

Nenhum comentário:

Frequências

jornal web Farol Comunitário

Pode acreditar

Tudo vale a pena se a alma não é pequena - Fernando Pessoa