10 agosto 2016

Visão romântica da vida ou má fé é o que te move?

Olho para alguns que conheço, enfiando o pé numa empreitada, com discurso de 'mudança', com 'vou fazer a minha parte', num ufanismo provinciano, quiçá infantil e me pergunto:  - Visão romântica da vida ou má fé é o que te move?

O grande Quino, traduziu tudo isso em 6 frames
Tempos atrás presenciei o estarrecimento de uma outra certa pessoa, coroado com a frase -  "Se soubesse o tamanho da sujeira, jamais teria entrado" adornada com olhos assustados e pele pálida de puro pavor e no entanto, está lá a tal pessoa, tentando novamente preservar o status quo. 

Se tua vontade sincera é promover transformação, lembro que aqui fora há muitas frentes, questões profundas e sem solução imediata, exatamente por causa de 'outros' que chegaram onde vocês querem chegar ou permanecer e descobriram que nada pode ser feito dentro do que hoje vigora. 

E no meu entendimento a maior de todas as transformações é interior.

O povo nunca esteve no foco da República, como também nunca foi o foco do Império. A disputa no Brasil sempre foi para pertencer à elite, qualquer elite. E o povo que se lasque. 

Está acontecendo de novo.

Não preciso, sinceramente, desse teu espírito de desprendimento. Parece-me mais, vazio existencial, visão míope da realidade, egoísmo em seu estado mais puro.

Cabe um Brasil nessa passagem: 

"Nem se põe vinho novo em odres velhos; de outro modo arrebentam os odres, e derrama-se o vinho, e estragam-se os odres. Mas vinho novo é posto em odres novos, e ambos se conservam." (Mateus 9:14-17)

Frequências

jornal web Farol Comunitário

Pode acreditar

Tudo vale a pena se a alma não é pequena - Fernando Pessoa